17.6.09

Entre livros e eles, elas!

Hoje, às 4hs da manhã, em meio a tantos livros e apontamentos, parte de uma rotina que nos últimos tempos tem sido minha companhia mais que qualquer coisa, após as últimas viagens, permiti-me uns minutos de descanso e como quase sempre, ocupei-os com uma das minhas paixões: música!
Busquei algo que já tinha no Pc, quando lembrei de duas pérolas que havia encontrado na internet (santa tecnologia!): Amália Rodrigues e Billie Holyday

A primeira, uma cantora, fadista e atriz portuguesa que se estivesse viva, atingiria hoje seus 89 anos.
Minha aproximação com sua música não foi por intermédio de um português, mas pelo trailler do filme que conta sua história, lançado assim que cheguei a Portugal. Como gosto de biografias e essa era sobre a 'Rainha do Fado', logo meu interesse se manifestou. Pesquisei e pronto, já estava encantada!

Fuçando na net, acabei encontrando Amália e nada mais, nada menos que o mestre Vinícius, com a música 'Saudades do Brasil em Portugal', feita para ela pelo poeta, gravado em 1968, numa temporada de Vinícius na terrinha. É tudo muito espontâneo e talvez por isso mesmo, tenha ficado maravilhoso!
Como pode alguém descrever com tanta poesia, sentimentos que não são uma parte sua, mas o todo de uma infinidade de 'outros'?



A segunda, uma norte-americana da Filadélfia, mrs. Billie Holyday!
My Man foi o primeiro sucesso que conheci dessa diva. Assim como muitas artistas negras, num EUA dos anos 30, 40 e 50 (e até hoje!), Billie teve uma vida de dificuldades e lutas, acompanhada dos muitos vícios que o meio artístico oferece. Se estivesse viva, completaria 94 anos. E que voz, que olhar forte...se na primeira, Amália tinha Vinícius a acompanhá-la, Billie tem o mestre Louis Amstrong. Não precisa dizer mais nada!

Lembrei de Albert, dizendo: "Oh, mulher pra gostar de defunto! " (rsrs). Fazer o quê, a não ser deixar-me embalar por eles?




Sem mais comentários!

2 comentários:

Albertinho disse...

Pois agora vai me ouvir dizendo, "Vai dormir, rapá! Quatros horas da manhã lendo é pecado."

Vou esperar o próximo post sobre Dalva de Oliveira e Mahalia Jackson. Que tal?

Dona Reis disse...

Moreco!
Dormir esse horário e acordar cedo é uma labuta da qual não posso abster-me tão cedo...hehe
Te amo!