18.2.09

Tudo que chega, chega sempre por alguma razão

Esta semana recebi uma mensagem, mas só hoje a li e dizia: "Tudo que chega, chega sempre por alguma razão", de Fernando Pessoa. Em princípio, como dizem os portugueses, eu não me atentei para o conjunto da mensagem, apenas por esta frase, que ficou martelando em minha mente todo o dia. De repente, baseada em vivências recentes, reflito comigo mesma, mais uma vez, sobre como a vida é cheia de suas surpresas. E mesmo estas não deixam de ter suas nuances. Como as têm e como confundem-nos!!!

É incrível perceber como reagimos a determinadas situações - imposições da vida e do tempo...o medo, o receio, o desejo, a saudade, as descobertas, as percepções, os falares, os saberes, as situações, os riscos...
Talvez por isso, ainda mantenha uma posição diferente em algumas situações, apenas minha!

Estaria seu Fernando Pessoa certo?!

2 comentários:

Luana disse...

Tu é realmente diferente de tudo, e as tuas atençoes para cada acontecimento refletem a tua sabedoria.

Há alguns posts, pensei sobre vivências e frases clichês, que em outro tempo eu jamais teria citado. Mas, se não percebeu, eu te conto: foi tu quem me ensinou que na vida, nada acontece por acaso e nem foi a Pessoa do Fernando. É tu que sempre diz para eu seguir meu coração e foi tu quem me ensinou que tudo tem a sua hora.

Bjos, amiga! :)

I likkke you!

Alberto Júnior disse...

mas não seria mesmo chata a vida sem surpresas?

mais interessante é a nossa reação que se mostra tão diferente em cada caso.

como digo, a melhor surpresa é a que temos com nós mesmos!