31.1.08

Por que o ser humano não pode já nascer perfeito?!

A gente acaba, de certa forma, idolatrando (no bom sentido!) algumas pessoas importantes em nossa vida. E isso acontece de tal maneira que acabamos por torná-la nossa referência pra toda a vida. O único problema de isso acontecer é que corremos o risco - e quase sempre acontece - de esquecermos que essas pessoas também são humanas; ou seja, têm defeitos, manias, passados, deficiências...!
Quando situações conflituosas acontecem e te fazem perceber que o ser humano é, por natureza, falho, você se sente no meio de um "fogo-cruzado", sem saída...
Infelizmente, muitas vidas terão que vir para que essa perfeição chegue, e nesse dia, então, poderemos ter a certeza de que nada foi em vão, nem mesmo os erros. Por fim, resta-me a conformação e a esperança de que Deus é amor e que nossos erros tem que acontecer. E principalmente, saber que estas pessoas me foram dadas porque entre nós reina um sentimento que é maior que tudo: AMOR!

Errar é humano,né?! Fazer o que?!

5 comentários:

Alberto Junior disse...

Errar é humano mas dóoooi.

Só pode ser revertido com algo mais bonito e pleno: o perdão!

Se chegar a essa etapa, aí tudo bem!

Luca disse...

O perdão não vai reverter o erro, mas vai interferir no processo de mágoas e desatinos piores.
Estou tentando apreendê-lo...

:(

Eu vou continuar te idolatrando, Mila! Errando e acertando!

♪ Lorena disse...

... e o erro nunca é em vão, quando serve ao aprendizado, ao crescimento.

um beijão, e muitos sorrisos por aí, apesar do todo.

Polyana Amorim disse...

eu acho que quando o amor é grande e verdadeiro nenhum erro pode atingí-lo. o perdão demonstra o fortalecimento do amor, da admiração, do respeito, da superação de uma etapa.

Rafael Carvalhêdo disse...

Já eu, axo que quanto mais amor, mais dolorido é o erro! Mas essa é nossa dádiva e maldição.
Dádiva, porque como humanos podemos amar. E maldição, porque podemos errar e sofrer o erro dos outros humanos com quem estamos.

Parece que nascemos para nos ferir.