2.2.10

Hoje as saudações são para ela!

Dentro do sincretismo brasileiro ela é, talvez, a personagem mais deslumbrante, a figura mais instigante e, ao mesmo tempo, reveladora. É 'Rainha' (tinha que ser!), é mãe, é sedutora, é forte, é austera e doce, bravia... é dona...é Iemanjá. Mais uma vez, em 2 de fevereiro, as palavras são para ela!

video

"Vem do luar no céu, vem do luar, no mar coberto de flor, meu bem...de Iemanjá, de Iemanjá a cantar o amor e assim mirar, na lua triste no céu, meu bem; triste no mar...Se vc quiser amar, se vc quiser amor, vem comigo a Salvador para ouvir Iemanjá..."Baden Powel e Vinícius de Moraes (Canto de Iemanjá)

Então...Odoya!

1 comentários:

b disse...

Odoya e flores acima da minha cabeça a ofertar a minha mãe.