23.7.09

Beatles x Stones = a rock?!

Dia 13 de julho foi o dia do rock. Nada de novidade, visto que rock, para mim, tem um significado muito mais amplo (talvez normal) e até certinho do que os vários adjetivos que costumam lhe dar. Enfim, não vou falar muito sobre esse ritmo (?), estilo (?) tão antigo e ao mesmo tempo contemporâneo, porque já muito se falou e homenageou por toda a parte. O que posso dizer é que eu A-D-O-R-O! Cresci ouvindo de tudo (tudo de bom!) relacionado a música e rock'roll fez parte disso. Ainda era guria quando ouvia Beatles, Janis, Stones, Hendrix, Elvis, James Brown, Little Richards...e por aí vai.

Na realidade, já tinha desistido desse post. Ficou no rascunho do blog desde o dia 13, mas no sábado, uma discussão com um professor do mestrado, fez-me voltar a ele e pôr o vídeo abaixo. Havia uma festa de comemoração pelas defesas de teses da turma do segundo ano, num restaurante e dentre uma música e outra, não lembro como, começamos a falar de música e de rock...paramos no embate entre Beatles e Stones. Eu dizia que preferia Beatles, apesar de adorar Stones; ele me dizia que Beatles não era rock, que rock de fato, com toda a bagagem que ele trazia, era feito pelos Stones. Pois bem, a conversa se deu por horas e um teimava com o outro, mas...gosto é gosto, né? Ele continua achando que eu não sei nada de rock por gostar de Beatles, afinal, para ele, todos valem, exceto Beatles...e eu teimo que Beatles, apesar de considerados 'engomadinhos' e tal, era uma super banda e continuo a cantarolar suas músicas, a emocionar-me com elas e viajar por uma época maravilhosa. Assim ficamos! Ele com Stones e eu com os Beatles.

Temos graaaandes nomes do rock nacional e internacional, e claro que os quatro garotos de Liverpool não são soberanos e para alguns, sua música nem é considerada rock, mas para mim, eles têm um sentido todo especial: é uma banda que faz parte da minha infância, das viagens com meus pais, das brincadeiras, do violão sb as bençãos da lua cheia, de quando meu pai ensaiava com a banda nos fins de semana, e lá estava eu, pirralha, a passear entre os instrumentos e aquele cadernos enorme cheio de letras...enfim...de tudo
Certinhos ou não, polêmicos ou não, Beatles para mim ainda é uma grande banda e continuarei a tê-la em minhas discografias. E com a canção Money, faço minha homenagem ao dia do rock.

Ouxe, que deu saudades agora!

video

10 comentários:

Albertinho disse...

Conceito de Rock é ambíguo. Talvez seja também uma atitude musical. E talvez teu professor se atenha mais à postura transgressora que o rock quer representar.
Se for esse o argumento, concordo com ele que os Stones são mesmo mais "Rock'n Roll".
Mas isso não justifica a não-classificação dos Beatles como banda de rock.
Lembrei aqui de uma das entrevistas que fiz para trabalhar num Sebo Cultural em Brasília. Uma das questões pedia que eu dissesse a minha opinião sobre quem foi o maior artista de todos os tempos.
Foi uma pergunta complicada, não sabia indicar apenas um.
Então, indiquei os Beatles. Por quê? porque talvez tenham sido os primeiros a disseminar a música moderna do século XX, tornando-a um produto de massa, universal, que trazem no seu som elementos sonoros dos mais variados estilos, sendo referência pop até hoje pra qualquer banda de rock que começa a pensar em fazer música.
Existem aqueles que não gostam de Beatles. Mas uma coisa é inegável: quase todo dia é possível ouvir uma música desta banda onde quer que seja: no rádio, como vinheta de algum programa, como trilha para algum anúncio publicitário, enfim.
Pra mim, Beatles é a banda que revolucionou a música de massa no mundo inteiro e gerou outros grandes artistas que influenciados por eles, reinventaram o sentido de harmonia.

Mal comparando com a história da música brasileira, seria a mesma coisa que dizer que a Jovem Guarda, Roberto Carlos, foi menos rock do que os Mutantes e Raul Seixas?

Musicalmente, com certeza os dois estão no mesmo gênero.

beijos

Dona Reis disse...

Exatamente,amore. Perfeito!
Concordo contigo, embora minha relação com eles (Beatles) seja também em função das minhas lembranças, do que a banda representou pra mim em uma fase maravilhosa da minha vida!
Cheiro!

Polyana Amorim disse...

Amiga, Beatles é rock, sim. e como o rock já tem rei, eu diria que eles são príncipes.

Poderia enumerar 333 argumentos, mas vou me ater a um deles, desdobrando algo que Alberto disse: referência pop até hoje pra qualquer banda de rock que começa a pensar em fazer música.

Sim, e aí nós temos os declarados fãs: Cachorro Grande, Oasis, coisa que a gente vê no estilo dos caras. Mas tbm tem outros, de vertentes diferentes, como Ozzie Osbourne e o Kurt Cobain, que em uma de suas entrevistas disse, certa vez, que queria ter a fama do Lennon, mas ao mesmo tempo o quase anonimato do Ringo.

Arrisco dizer que os Beatles são os pais do que hj muita gente chama de indierock. A banda tem muito mais importância na história da msk.

E rock tem de todo jeito! se chamar meu irmão que ouve black metal, ele vai dizer, cheio de argumentos, que nem beatles nem stones são banda de rock. hihihi

Dona Reis disse...

Mas eu nunca duvidei disso,Popô! Tanto que defendi-os até a hora de ir embora (rs). Por mais experiência que o outro tivesse, a minha pequena com relação à música, não me deixou colocá-los de lado.
Adoooooooro e continuarei a colecionar vinis e cd's e tudo sobre...
bjoss

Du disse...

Eu sou suspeita pra falar tanto de Beatles quanto dos Stones, fica difícil pra mim escolher de quem gosto mais!
:)

Beijos, querida!

Dona Reis disse...

(rs). Oi, Du!
Eu prefiro os Beatles,embora goste muito dos Stones! hehehe...mas eu tenho muitos por que's!
Cheiro

Leandro Elias disse...

GOSTEI DO POST
PASSA LÁ NO MEU: http://p-cabeca.blogspot.com/

Dona Reis disse...

Oi, Leandro!
Obrigada!
Já dei uma espiada no seu e achei mt legal.
BJS

eSQCer disse...

Oi, Mila!
Não conhecia esse seu canto. Agradeço sua visita em minha casa que, como vc pôde perceber, anda meio abandonada. Depois de tanto tempo, postei um textinho. Acho que essa sua visita tb foi há muito tempo, né? Bjsssss...

Anônimo disse...

Stones gosto muito da primeira faze com BRIAN JONES era puro rhytman and blues. Beatles excelente composiçoes os própios STONES gostavam muito. Particularmento gosto muito da linha de baixo do paul